Notre Dame São Sebastião

COMUDE do Alto Jacuí define projetos para votação na consulta popular 2017 e elege dois delegados

Na quarta-feira (28), o Conselho Municipal de Desenvolvimento (COMUDE) e o  Conselho Regional de Desenvolvimento (COREDE), realizaram uma assembleia para definir as demandas da Consulta Popular 2017. A reunião contou com a presença de aproximadamente 60 pessoas, representantes de Espumoso, Alto Alegre e Campos Borges, além da imprensa local.

Na ocasião, foram definidas as prioridades da região e elencados cinco projetos que poderão ser votados pela população durante a Consulta Popular 2017, que acontece nos dias 01, 02, e 03 de agosto. Os projetos selecionados foram:

1º – Projeto nº 7: Fortalecer a agroindústria familiar e os APLS de agroindústrias (transformar a matéria-prima excedente para agregar valor, legalizar produtos e facilitar a comercialização).

2°- Projeto n° 14: Atrair recursos para promover melhorias das estradas vicinais rurais.

3° – Projeto nº 19: Implantação de ILPI – Instituições de longa permanência para idosos (abrigo).

4° – Projeto n° 25: Intensificar a qualificação profissional e a formação continuada de professores.

5º – Projeto n° 30: Fortalecer os hospitais microrregionais (Soledade e Espumoso) para atendimento de alta complexidade.

Além disso, ainda durante a reunião, a administradora Mônica Moraes Toledo e o advogado Rodrigo Batistella foram escolhidos como delegados representantes do COMUDE.

A assembleia foi conduzida pelo presidente do COMUDE, Rafael Scolari, pelo vice-presidente Lauro Colle e pelo presidente do COREDE Botucaraí, Idioney Oliveira Vieira.

Hospital Notre Dame São Sebastião continuará oferecendo serviços de partos

No mês de maio, a Comissão de Intergestores Bipartite (CIB) – fórum de negociação entre o Estado e os municípios, que discute a implantação e a operacionalização do Sistema Único de Saúde (SUS) -, aprovou, junto à Secretaria Estadual de Saúde, a proposta que prevê a regionalização de partos.

De acordo com o texto, o procedimento será mantido apenas em hospitais que realizam, no mínimo, 365 partos por ano. Para essas instituições, passa a ser obrigatório a disponibilidade de obstetra, pediatra, anestesista e enfermeiro. A mudança segue recomendações do Governo Federal e, conforme a CIB, visa qualificar a atenção à saúde da gestante e do recém-nascido, reduzindo os índices de mortalidade infantil.

Na terça-feira (20), a 6ª Coordenadoria Regional de Saúde divulgou quais serão os hospitais autorizados a prestarem o serviço. Dentre eles está o Hospital Notre Dame São Sebastião, que será referência regional na realização de partos e prestará assistência aos municípios de Espumoso, Campos Borges, Alto Alegre, Tunas e Tapera.

Pronto Socorro é prioridade da região do Alto da Serra do Botucaraí

Em reunião do Conselho Regional de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (Corede) que contempla o Alto da Serra do Botucaraí, realizada na sexta-feira (09), em Soledade, o Coordenador Administrativo do Hospital Notre Dame São Sebastião, Rafael Scolari, apresentou aos conselheiros o projeto do novo Pronto Socorro do Hospital Notre Dame São Sebastião – que integra o Plano Estratégico de Desenvolvimento da região, visando sua escolha como prioridade na Consulta Popular para o biênio 2017/2018.

De acordo com Rafael, que também preside o Conselho Municipal de Desenvolvimento de Espumoso, o valor total da obra, estimado em pouco mais de R$ 2,2 milhões, deverá contemplar o orçamento destinado aos 16 municípios do Corede.

 

Grupo de Mães de Espumoso Amélia Seeling doa roupas à maternidade do Hospital

O Hospital Notre Dame São Sebastião recebeu, na quarta-feira (31), doação de roupas de bebê arrecadadas pelo Grupo de Mães de Espumoso Amélia Seeling.

Na ocasião, a presidente e a vice-presidente da entidade, Marilise Cavalli e Rosane Parizotto, visitaram a maternidade hospitalar e expressaram o orgulhoso que as mais de 70 integrantes do Grupo sentem por poder contribuir para o bem-estar de recém-nascidos em situação de vulnerabilidade.

 

Como oficina terapêutica, pacientes internados na Unidade de Saúde Mental Integral cultivam horta

Como oficina terapêutica, os pacientes internados na Unidade de Saúde Mental Integral do Hospital Notre Dame São Sebastião cultivam hortaliças e temperos que, posteriormente, serão consumidos por eles mesmos, habituando-os a manter uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes.

A iniciativa concretiza-se em parceria com  a Sementes Feltrin, que doa as mudas para a casa de saúde.

 

Coordenador Administrativo apresenta aos funcionários o Plano Diretor do Hospital São Sebastião

Durante a Jornada do Trabalhador da Saúde e do Cuidado Notre Dame, o coordenador Administrativo do Hospital Notre Dame São Sebastião, Rafael Scolari, apresentou aos funcionários o Plano Diretor da instituição, partindo de uma retomada histórica, na qual enfatizou o protagonismo de todos os colaboradores e gestores no desenvolvimento hospitalar, por meio de uma linha do tempo, organizada com fotos e memórias. Além disso, Rafael convidou os presentes a sonhar, juntamente com ele, um Hospital mais sofisticado, mais amplo e mais equipado.

Na sexta-feira (19), as atividades do evento foram encerradas, com a realização de um jantar de confraternização.

Por meio de voluntariado, internos da Unidade de Saúde Mental Integral têm sua autoestima elevada

Semanalmente, os pacientes internados na Unidade de Saúde Mental Integral do Hospital Notre Dame São Sebastião têm seus cabelos, suas unhas e suas barbas aparados, além de ter suas sobrancelhas desbastadas, graças à iniciativa de Jussara Ross.

A profissional, voluntariamente, integra o projeto “Mãos que brilham, sorrisos que despertam”, desenvolvido com o intuito de aumentar a autoestima dos internos, assegurando seu bem-estar e incentivando o cuidado com a imagem pessoal e com a saúde. Afinal, como afirma a assistente social, Juliane Kempf, práticas como essas auxiliam os pacientes a desenvolverem-se pessoalmente.

Pela primeira vez, Hospital São Sebastião realiza cirurgia de Artroplastia Total do Joelho

A Artroplastia Total do Joelho é um procedimento cirúrgico no qual uma prótese é colocada, em substituição às cartilagens gastas, como tratamento à osteoartrite grave, na qual os pacientes apresentam dor, limitação do movimento e impotência funcional.

Considerada de alta complexidade, dentro da especialidade, a cirurgia foi, pela primeira vez, realizada no Hospital Notre São Sebastião. Como destaca o traumatologista responsável, Antonio Piva Neto, ao oferecer tal procedimento, a instituição possibilita que os pacientes da região do Alto da Serra do Botucaraí deixem de deslocarem-se até o centro médico mais próximo, para tratamento adequado.